figuras Limianas Dr. António Vieira Lisboa







São várias as imprecisões que se publicaram no livro publicado pelo Municipio " Figuras Limianas Ilustres", relativamente ao perfil biográfico do Dr. António Vieira Lisboa, denota-se um certo descuido na publicação.

Assim;

Na verdade o poeta nasceu em Luanda, no dia 20 de Julho de 1907, era filho de António Augusto Vieira Lisboa e de Dª Beatriz da Silva Gouveia, mas seu pai, não era licenciado em Direito, muito menos Conselheiro, alias estudou direito na Universidade de Lisboa, juntamente com o filho (poeta), mas nunca acabou o curso, na sua profissão era um alto quadro do B.N.U. tendo desempenhado funções de direcção no ultramar, nomeadamente na Índia.
O Conselheiro, com o qual vários autores se confundem, foi o Conselheiro António Maria Vieira Lisboa, seu padrinho de baptismo e sogro, pois o poeta casou-se em 1934, na Casa da Garrida com Maria Guilhermina Vieira Lisboa, tendo-se divorciado em 1944, era também, tio do pai e mais tarde seu sogro, pois o Sr. António Augusto casou-se em segundas núpcias com uma filha do Conselheiro, cunhada do poeta, razão pela qual as relações familiares se deterioraram com o referido divórcio do poeta.
Outra imprecisão referida no perfil biográfico prende-se com a licenciatura do poeta que não foi conseguida em Coimbra, mas sim em Lisboa, no ano de 1929, com uma elevada classificação.
Na verdade o poeta António Vieira Lisboa, já gravemente doente, casou-se em segundas núpcias, no hospital da misericórdia de Ponte de Lima em 1968, com Maria Libânia Manjua, embora a referida senhora também usasse o nome de Maria Libânia dos Reis, a que juntou Vieira Lisboa.
O Dr. António Vieira Lisboa faleceu no hospital da misericórdia de Ponte de Lima, no dia 13 de Junho de 1968, pelas 18 horas.

Este blog tinha já publicado uma biografia resumida do poeta.

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial